Leia agora: Comandantes da PM quer tanques nas ruas em 7 de setembro

“Liberdade não se ganha, se toma. Dia 7/9 eu vou”. Diz o Coronel
Publicidade

Um comandante da PM, com uma tropa de 5 mil homens, compartilhou mensagens a favor do ato patriótico no Facebook.

Deixe sua oração

Trata-se do coronel Aleksander Lacerda, responsável por sete batalhões no interior de São Paulo.

Ele fechou sua página depois que o Estadão procurou a Secretaria de Segurança Pública, mas até então seu conteúdo era público.

Publicidade

Em 16 de agosto, o coronel postou: “Liberdade não se ganha, se toma. Dia 7/9 eu vou”.

VEJA TAMBEM

Publicidade

Quatro dias mais tarde, ele publicou que “nenhum liberal de talco no bumbum” consegue “derrubar a hegemonia esquerdista no Brasil”, e que por isso “precisamos de um tanque, não de um carrinho de sorvete”.

Sobre a marcha de 7 de setembro, o comandante da PM, que é pago para garantir a ordem pública, compartilhou a mensagem: “o caldo vai esquentar”.

O coronel atacou também Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, o STF (“sinto nojo do STF”), Rodrigo Pacheco (“covarde”), João Doria (“cepa indiana) e Rodrigo Maia (“mafioso”).

Publicidade