Aguarde, carregando vaga

Taxas de juros do cartão de crédito sobem, após 8 meses de queda

Publicidade

Segundo dados da Associação Americana dos Executivos Financeiros, Administrativos e Contábeis (Anefac), após oito meses de queda, a taxa de juros do crédito pessoal voltou a subir em dezembro de 2020.

Publicidade

Todas as seis linhas de crédito das pessoas físicas pesquisadas elevaram nas taxas de juros do mês corrente (cartões de crédito, cheque especial, juros comerciais, financiamento de veículos, empréstimos pessoais de bancos e financeiras).

A taxa média de juros pessoais passou de 5,51% ao mês em novembro (90,34% ao ano) para 5,56% e 0,91% ao mês (1,20% ao ano). A maior taxa de juros mensal em dezembro (91,42% ao ano) – a maior taxa de juros desde agosto de 2020 (5,59% ao mês – 92,08% ao ano).

Cartão de crédito
Houve alta de 0,91%, passando de 10,97% ao mês (248,71% ao ano) em novembro para 11,07% ao mês (252,50% ao ano) em dezembro – maior taxa desde agosto (11,09% ao mês – 253,26% ao ano).

Cheque Especial
Houve uma elevação de 0,86%, passando de 6,96% ao mês (124,21% ao ano) em novembro para 7,02% ao mês (125,72% ao ano) em dezembro – maior taxa desde agosto (7,03% ao mês – 125,98% ao ano).

Publicidade

Empréstimo pessoal – bancos
Houve uma elevação de 0,64%, passando de 3,10% ao mês (44,25% ao ano) em novembro para 3,14% ao mês (44,92% ao ano) em dezembro – maior taxa desde agosto (3,16% ao mês – 45,26% ao ano).

Empréstimo pessoal – financeiras
Houve uma elevação de 0,49% passando de 6,14% ao mês (104,43% ao ano) em novembro para 6,17% ao mês (105,13% ao ano) em dezembro – maior taxa desde setembro (6,18% ao mês – 105,36% ao ano).

Juros do comércio
Houve uma elevação de 0,43%, passando de 4,62% ao mês (71,94% ao ano) em novembro para 4,64% ao mês (72,33% ao ano) em dezembro – maior taxa desde setembro (4,66% ao mês – 72,73% ao ano).

Crédito direto ao consumidor – financiamento de automóveis
Houve uma elevação de 2,33%, passando de 1,29% ao mês (16,63% ao ano) em novembro para 1,32% ao mês (17,04% ao ano) em dezembro – maior taxa desde setembro (1,34% ao mês – 17,32 ao ano).

Pessoa jurídica
Houve uma elevação de 1,41%, passando de 2,83% ao mês (39,78% ao ano) em novembro para 2,87% ao mês (40,43% ao ano) em dezembro – maior taxa desde setembro (2,89% ao mês – 40,76% ao ano).

Publicidade