Apesar da pandemia, exportações chinesas crescem em 2020

Publicidade

De acordo com dados oficiais divulgados nesta quinta-feira, as exportações da China em 2020 aumentarão 3,6% com relação ao ano anterior, graças às vendas de produtos que combatem o coronavírus (14).

Somente em dezembro, as exportações totais da China aumentaram 18,1% em relação ao ano anterior. O resultado foi superior às expectativas dos analistas, mas bem inferior aos dados de novembro (21,1%).

No mês passado, as importações para gigantes asiáticos aumentaram 6,5%. O número é superior às expectativas dos analistas (5,7%) e ao percentual do mês passado (4,5%).

Publicidade

No entanto, em todo o ano de 2020, as importações cairão 1,1% em relação ao ano anterior.

Desde que chegou à Casa Branca há quatro anos, Donald Trump fez da redução do déficit comercial com Pequim uma de suas principais prioridades.

Publicidade

Seu governo lançou uma guerra comercial com os chineses em 2018, resultando em tarifas recíprocas adicionais sobre muitas commodities.

Os dois países assinaram um acordo de cessar-fogo em janeiro de 2020, pouco antes da pandemia Covid-19 paralisar o mundo.

Publicidade