Proposta de atualização de código desperta medo da ‘morte do Bitcoin’

Publicidade

Uma proposta que surgiu em 2020 ganhou força entre alguns integrantes da comunidade Bitcoin (BTC) nos últimos dias. No caso, uma possível modificação no script do criptoativo para inserção de um mecanismo que possibilita a criação de uma espécie de controle nas transações da principal criptomoeda do mercado. Alterações que, apesar dos argumentos favoráveis apoiados em questões como segurança contra “carteiras suspeitas” em posse do BTC, também é vista como uma possível decretação do fim do Bitcoin, caso implantado o mecanismo, conhecido como BIP-119.

Um dos defensores da ideia é o desenvolvedor Jeremy Rubin, fundador de uma organização de pesquisa em tordo no Bitcoin. O BIP-119, também conhecido CheckTemplateVerify (CTV), seria uma maneira de possibilitar aos usuários imporem a maneira como o Bitcoin seria transferido depois de saírem de suas carteiras. 

As possibilidades seriam variadas, desde a programação de listas restritas para transacionarem o BTC até a criação de uma espécie de quarentena antes do gasto da criptomoeda, restrições conhecidas como “convênio”. 

Publicidade

Apesar de eventuais modificações na rede Bitcoin precisarem de aprovação em votação entre os mineradores, a ideia causou polêmica na comunidade. O especialista Andreas Antonopoulos, por exemplo, em um vídeo publicado no YouTube, onde ele possui 317 mil inscritos, mostrou-se muito preocupado com o BIP-119 que, segundo ele, possui consequências que podem matar o Bitcoin. 

Um exemplo muito simples seria o conceito de um cofre onde você diz que ‘se esse output [o dinheiro que sair] for gasto, a transação que gastá-lo só pode enviar este dinheiro para um endereço específico’, como uma whitelist [lista de lançamentos exclusivos]. Você pode estipular, por exemplo, que uma vez que você coloca um convênio (covenant) em um Bitcoin, tal bitcoin só pode ser enviado para uma lista de determinados endereços, ou não pode ser enviado para uma determinada blacklist (lista negra), argumentou. 

Na ocasião, as críticas de Antonopoulos ao BIP-119 provocaram a reação de  Jeremy Rubin, que foi ao Twitter para desafiar o youtuber para um debate sobre o assunto.

Eu desafio @aantonop
a um debate sobre o BIP-119.
Proponho que usemos meu horário de fala em @MITBitcoinClub
 #MITBitcoinExpo 14:40 ET Sábado, 7 de maio, 1 semana a partir de hoje.
Sinta-se à vontade para propor um moderador, caso contrário, posso sugerir um, disparou.

Publicidade