Quer saber se terá direito ao novo Auxílio Emergencial: Siga o passo a passo no vídeo

2
250

Você pode consultar sua situação no Aqui no site da Dataprev.

Pelas novas regras, o auxílio só será pago a famílias com renda total de até três salários mínimos por mês, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário ter sido aprovado para receber o benefício em 2020, pois não haverá nova fase de inscrições.

VEJA TAMBEM

Para quem está no Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. A pessoa receberá o benefício com maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa, seja o valor do Auxílio Emergencial. O beneficiário será notificado se houver alteração.

Segundo o governo, o benefício deverá ser pago a 45,6 milhões de famílias.

  1. menores de 18 anos, exceto mães adolescentes;
  2. pessoas que têm emprego com carteira assinada ou que recebem algum benefício do governo (exceto o Bolsa Família e o abono salarial);
  3. quem não movimentou os valores do Auxílio Emergencial pago no ano passado;
  4. quem teve o Auxílio de 2020 cancelado até dezembro do ano passado;
  5. estagiários e residentes médicos, multiprofissionais e quem recebe bolsa de estudos ou similares;
  6. quem teve renda tributável acima de R$ 28.559,70 em 2019;
  7. quem recebeu em 2019 rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40 mil;
  8. pessoas que, em 31 de dezembro de 2019, tinham propriedade de bens e direitos em valor total superior a R$ 300 mil;
  9. dependentes no IR de 2019 de pessoas enquadradas nos itens 6, 7 e 8;
  10. presos em regime fechado, ou cuja família receba auxílio-reclusão;
  11. tenha renda familiar mensal per capita acima de meio salário mínimo;
  12. seja residente no exterior.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE SEU NOME E SUA ORAÇÃO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui